Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

V O G U E a n d L O V E

Um diário virtual (utilizado quase de mês a mês) que possui os desejos, partilha tendências e descreve peripécias de o dia-a-dia de uma rapariga normal.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Catarina (22)
Um diário virtual utilizado de mês a mês que possui os desejos, partilha tendências e descreve peripécias de o dia-a-dia de uma rapariga normal.{mais}

mais mais mais

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
Follow

Vruumm Vruumm

 Já tenho a carta!!! 

Nunca fui grande entusiasta neste campo confesso. Há anos, o que queria mesmo era a carta de mota...PFF! Louca! Nunca me meti nisso como é óbvio. 

Entretanto cheguei aos 18 anos e no verão daquele ano lá comecei as aulas de código (uma seca), demorei imenso a acabar aquilo... Lá fiz o exame e passei. Foi de facto o mais fácil. 

Na teoria é tudo muito bonito, agora a prática....

As aulas de condução são capaz de ter sido a maior batalha da minha vida (é extremamente exagerado por isto neste patamar mas é verdade). Foi assim não porque não gostasse de conduzir mas sim porque a cada aula que tinha o medo de errar preenchia-me de uma maneira muito difícil de descrever. 

Medo e nervosismo. Assim se caracterizaram as minhas aulas durante muito tempo e aqui a minha instrutora (excelente instrutora!) foi uma peça fundamental que para mim se tornou uma amiga que uma ou duas vezes por semana dava boleia durante 50 minutos nos quais conversávamos muito!

Entre 6 instrutores que tive (não porque os quisesse ter mas devido à estranha logística da escola de condução) todos me diziam "Tens de transmitir confiança", "Para que é que é preciso tanto medo?", "Não podes mostrar insegurança", "Onde está a tua garra?"... Garanto-vos que é horrível as pessoas que nos rodeiam aperceberem-se de que somos inseguras em algo tão simples... A condução.

A mente é o mais complicado de convencer e de treinar.

Se fosse uma questão de treinar manobras, eu treinava! Mas era uma questão de me olhar ao espelho e dizer "eu consigo". 

Dia 13 de Novembro consegui.

 

Moral da história: É tudo uma questão de acreditar.

1 comentário

Comentar post

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Catarina (22)
Um diário virtual utilizado de mês a mês que possui os desejos, partilha tendências e descreve peripécias de o dia-a-dia de uma rapariga normal.{mais}

mais mais mais

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
Follow