Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

V O G U E a n d L O V E

Um diário virtual (utilizado quase de mês a mês) que possui os desejos, partilha tendências e descreve peripécias de o dia-a-dia de uma rapariga normal.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Catarina (22)
Um diário virtual utilizado de mês a mês que possui os desejos, partilha tendências e descreve peripécias de o dia-a-dia de uma rapariga normal.{mais}

mais mais mais

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
Follow

"Não deixes de acreditar"

Esta manhã foi nostálgica.

Fui, finalmente, buscar o meu certificado e estou oficialmente licenciada.... Foi um grande misto de emoções. 

Pensar que esta pode ter sido a última vez que entro naquela faculdade. Olhá-la, agora vazia devido às férias, e ver em cada canto uma recordação, uma história, uma memória. Ver as pessoas que percorram comigo este caminho desafiador. 

Um misto de emoções por completo.

Quis o destino que, por 4 vagas, não entrasse em mestrado. 4 vagas. Estou como suplente e se 4 almas desistirem... Eu entro. 

 


Passei uma "última" vez pelos corredores, pensando que aquela poderia ser uma "última" vez ali e tudo para ir beber um "último" café ao bar da faculdade.

Lá estava o proprietário sempre bem disposto. Peço 2 cafés, um para mim e o outro para o meu pai. Quando atento à música da rádio, oiço a seguinte frase "Don't stop believin", música interpretada pelos Journey. 

Depois de todos aqueles "últimos" que me passaram pela cabeça, soube bem ouvir aquele "sinal" (eu acredito nestas coisas). 

Como o sr. So. me dizia "é viver um dia de cada vez". E eu cá espero pela resposta... Sem deixar de acreditar.

 

Não desistam dos vossos sonhos*

XX, Catarina

Mais uma vitória!

Hoje trago boas notícias! 

 

Apesar do item 13 da minha lista de desejos para 2015 estar a falhar mais do que nunca, por outro lado cumpri o item 20. 

❝Em 2015 vou....

20- Terminar a minha licenciatura (com sucesso!)❞

 

É com muita felicidade (e ansiedade) que vos digo que estou oficialmente licenciada! 
Com os meus 20 anos e meio já conquistei esta vitória. Foram 3 anos fantásticos, que me deram muitas amizades, gargalhadas, angústias, lágrimas, muiiiita ansiedade (o ponto 9 da lista de desejos é muito difícil de cumprir), fofocas, sorrisos, dúvidas... e felicidade. Porque apesar do turbilhão de emoções que estes 3 anos da minha vida me proporcionaram, o melhor mesmo é focar-me no bom.

 

Agora vem a parte da ansiedade. 
Nas próximas 2 semanas irei trabalhar e para tal tive de preencher um formulário de inscrição. Preenchi tudo muito bem até que.... "Profissão?" Ahhhh. "Mas que raio? O que é que eu sou agora?". 
Pois é pela primeira vez em 15 anos não sou estudante. Sou... Desempregada (?). Tudo isto é estranho, passamos a vida a querer ser crescidos e quando chega a altura... adivinhem? Queremos voltar a ser pequeninos. 

A vida é confusa.

Em setembro saberei se ingressei ou não numa nova aventura chamada mestrado (outro bicho papão). Enquanto aquele mês horrível não chega vou focar-me aqui no blog, dado que tenho mais tempo *thank god*.
Este é um fim de um ciclo e o começo de outro. Espero que me acompanhem sempre.

 

XX, C

 

AHHHHHHHH, ESPEREM!!!

 O blog já chegou às 60,000 visualizações! Nem dá para acreditar! Obrigada a todos os que passam por aqui :*

  

Eu deveria estar a fazer o relatório de estágio...

Mas que saudades de ter tempo para postar.

A verdade é que houve alturas em que tive tempo mas não tinha inspiração daí ter-me afastado... Este foi o tempo máximo sem publicar, com muita pena minha.

Entretanto os meses passaram, o meu segundo semestre está prestes a terminar, já recebi a maioria das notas das cadeiras, já fiz o meu projeto, o meu estágio, a minha bênção e mais um dia  e entrego o relatório de estágio!
Estou completamente ansiosa para que este período termine!

vhbhj.jpg

 

Enquanto as férias não chegam estas são as vibes que se vivem: O verniz da Maria Vaidosa (violetta) nos pés e nas mãos. É lindissímo e infelizmente já tive a proeza de o partir. A cosmo que ainda nem tive tempo de ler! As sandálias da primark que berram "VERÃÃO"! E por último, o mais especial, o relógio pink glistar da swatch ♥ 

São estes os primeiros favoritos do verão, digam-me quais são os vossos!

XX; C 

 

Life goes on

E a vida segue.

Foram 3 semanas lindas a descansar, a passar tempo com quem mais gosto, a fazer o que mais gosto... E esse tempo termina hoje. Avizinha-se o último semestre da minha licenciatura, espero que com o mesmo sucesso do semestre anterior. 

Porque é que custa sempre voltar? Só peço um semestre sem dramas e com muito foco naquilo que é melhor para mim *ámen*.

 

Desejo-vos uma ótima semana *

 

Uma pilha de livros ao meu lado e um chá de morango e menta

(Este é o post mais paradoxal da história dos posts, perdoem-me. Isto é o que acontece quando uma pessoa guarda muita coisa para si, ou não reflete sobre ela... Por isso a lição #1 deste post é Refletir.)

Estou super original para títulos de posts. 

A questão é que quando fico sem postar muito tempo nunca sei bem como voltar a postar... É como o quebrar o gelo de uma relação sabem? A pessoa afasta-se e depois quando quer reaproximar-se nunca sabe bem como (Boa analogia C.! #sóquenão).

 

Ando há mais de uma semana a ouvir esta voz na minha cabecinha (sim, estou doida) a dizer "tenho de escrever, preciso de escrever, vou escrever,..." mas só agora é que estou a por isto em prática. 

Nem sei bem sobre o que falar... Portanto considero-vos super corajosos se lerem isto. 

 

 

Hoje começo as aulas...

E só me vem à cabeça aquela música dos Green Day "wake me up when september ends" (aposto que já vos aconteceu!).

 

15 de Setembro, mesmo a metade do mês. Passado estes 15 anos de vida escolar/universitária/sei-lá ainda não me consegui livrar daquele nervosinho miúdo antes de voltar, assim como, daquela insónia que dá sempre no domingo antes das aulas começarem. E é sempre naquele domingo que começa algum programazinho que cativa alguns a ficarem acordados até o mesmo acabar, só mesmo para ajudar à insónia.

 

É um mês muito nostálgico. Lembro-me sempre do meu 1º ano de escola, sempre. 

Aquele cheiro a terra molhada, o cheiro a doces (tenho uma fábrica de bolachas ao pé de casa por isso com a chuva e o tempo húmido fica sempre um cheirinho a bolos no ar... é delicioso), o cheiro dos livros novos, o material escolar (que era quase sempre da barbie) e lembro-me sempre da minha pequena figura no recreio com as minhas botas ortopédicas, calças de ganga e camisa de bombazine laranja da Lois. Laranja que nem as folhas caídas das árvores. Oh bons tempos.

 Aos que regressam, aos que começam uma etapa, aos que simplesmente continuam... Um ótimo Setembro para vocês.

 

XX, C

Quase 2 meses depois...

HEY! Há quanto tempo! 

Foi estranho estar tanto tempo sem postar. Mas eu tenho esta vontade dentro de mim e tive de voltar.

Pensei em acabar com o blog, pensei em colocá-lo em privado... Nada disso teria algum impacto positivo em mim porque gosto de saber que tenho este espaço aqui para mim :)

 

 

Resumindo o final de maio e o mês de junho:

- Estudei muito.
- Estudei mesmo muito.
- Passei no exame de código.
- Voltei a estudar muito.

- Sai com os meus buddies e diverti-me imenso.
- Estive ansiosa e stressada porque o tempo para orientar o estudo foi pouquíssimo.

- Vi a minha melhor amiga a benzer as fitas. *medo, que crescidas*

- Esforcei-me muito.

- Na última semana de faculdade acho que a minha saúde mental estava quase nula.

- O esforço tornou-se numa recompensa.
- Passei a todas as cadeiras com notas acima do expectável.
- Houve pessoas que me surpreenderam. *pela positiva e negativa*
- Fiquei de férias.
- Passeei.
- Diverti-me.
- Voltei às aulas de condução.
- Vi o meu sobrinho dar gargalhadas com as "palhaçadas" que faço por ele.

- As amigas da faculdade fizeram uma festa de verão e eu adorei!

- Já fiz a limpeza anual do roupeiro! 

- E dos sapatos!

- Fui à praia.

- Fiz colares.

- Estou a mudar algumas coisas no quarto.
- Fui às compras.
- Estou a tentar ser saudável...
- ... Mas acaba por ser semana sim semana não.

- Dediquei-me à cozinha... Isso deu em aventuras culinárias.

- Já fui ao "típico" casamento que acontece sempre no verão.

- Já aproveitei os saldos.

 

 

Não vale a pena enumerar mais coisas.

Mas têm sido meses que me têm trazido muito de bom depois de tanto stress. É necessário acalmar-nos, olharmos para nós, encontrarmo-nos e construirmos a nossa paz junto de quem nos faz bem. (que poético Catarina!!) A verdade é que vale a pena e... Estou Feliz! 

 

 

Ideia para conjunto do dia

 

Este é um outfit simples com peças obrigatórias em qualquer roupeiro.

Uso algumas vezes e nestes dias super atarefados é uma solução porque é fácil, descontraído e ao mesmo tempo formal e ainda adaptando-se a este tempo em que o sol vai e volta como se nada fosse.

 

Nesta semana em que tive uma apresentação (que por sinal correu muito bem) esta seria uma boa opção de toilette para usar. Não que numa apresentação tenhamos de estar formais, mas temos de estar apresentáveis... É óbvio que o outfit escolhido não é um item a ser avaliado mas a imagem vale muito. É difícil estar concentrado em apresentações de colegas em que estas trazem micro minissaias (sim, micro mini!) ou decotes completamente desagradáveis mostrando o que se deve e o que não se deve. #Fica a dica

 

P.S. E vocês têm estas peças no vosso roupeiro? 

 

xx, C

Fevereiro

 

Parece que o mês de Janeiro é sempre assim. Desapareço.

 

Infelizmente este ano até me esqueci de comemorar os 3 anos do blog! O meu querido diário online! ♥

 

Queria muito postar mais, queria fazer mais e às vezes dou por mim a pensar se isto não poderia dar um blog à séria. Mas acho que não me encaixo no perfil de blogger profissional. Talvez um dia se tiver coragem.

O importante é que voltei. Embora não tenha demonstrado este último mês foi em termos emocionais muito forte. 
Foi o nascimento do meu querido afilhado (está uma doçura que cresce todos os dias), depois amizades que só parecem não funcionar, depois aquele maldito exame (que PASSEI, mas ainda assim vou a melhoria em junho), depois comecei a questionar-me a mim mesma... Será que estou no curso certo? Começo a por isso em causa a todo o momento e começo a ficar com medo do futuro... *É melhor despachar-me que a luz do meu candeeiro da secretária já falhou pelo menos 3 vezes! Maldito temporal!* E depois deste meu mês emocionalmente conturbado decidi voltar àquela que é a minha essência. 

Vou voltar ao plano de exercício físico que estava a cumprir o mês passado (deixei-o a meio), vou tentar melhorar a minha alimentação, acabar de vez com o código,... Queria que este se tornásse um bom mês.

 

Ah e Fevereiro é o mês dos namorados, se tiver tempo vou ver se deixo aqui algumas sugestões, pelo menos um filme tenho a certeza que sugiro ;)

 

 

Por hoje é tudo, espero voltar o mais rápido possível! 

 

Um dia N Ã O

Vou ser rápida, muito rápida!
Estou muuuuuuito irritada. Quer dizer, é o segundo ano consecutivo que chumbo com 9 (aquele número perto do 10, que ainda assim não chega ao 10 para ser positiva!!) com aquela maldita ave rara. 
Com esta história toda do nascimento do meu sobrinho nem sequer me lembrei da inscrição para o exame, pensei eu na minha inocência "bem, chumbei.. estou automaticamente inscrita". Apesar de ter chumbado o ano passado nem sequer me lembrei que era preciso inscrever-me. Não confirmei e fui para longe. O longe implica a estar a uns quantos quilómetros de distância da minha querida casa, da faculdade e para piorar esta situação, não ter net! (Eu nem me importo de não ter net.. Até sabe bem, mas nesta situação era fulcral tê-la). Passaram os dias e com eles o prazo de inscrição, até que me perguntaram, ironicamente no dia a seguir ao prazo acabar: "Mas... Não te inscreveste?" NÃÃÃO!
Ontem, depois de ter chegado de buéda buéda longe, como diria o Shrek, lá fui eu à faculdade ver o que poderia fazer.
Visto que neste país funciona tudo a dinheiro pensei eu "Largo uma boa nota como multa por não me ter inscrito a tempo e está tudo resolvido". Mas não, a minha faculdade fala de livre arbítrio para quem quer ou não inscrever-se. Tudo bem.. Até aqui a culpa é minha e a minha cabeça oca e irresponsável.
Falo com a senhora da secretaria sobre a situação e ela só me diz: "Não tem um motivo mais forte?". O QUÊ?! UM MOTIVO MAIS FORTE!? Desculpe lá se a minha irnã está longe de mim e decidiu ter o meu sobrinho na semana de inscrição a exames! AH! E desculpe lá eu não andar com o portátil e a pen de internet atrás, que sinceramente não tenho, e de não conseguir ir à internet em sítio nenhum! hafjgasdjfh!!!!!
Lá consegui escrever um requerimento depois de lhe explicar a situação já zangada. "Então vá assine lá isto. Amanhã confirme se está inscrita."

O "amanhã" é hoje. E adivinhem? Não estou inscrita.

Isto tudo para dizer que, para além de me sentir mal comigo mesma pelo meu excesso de distracção (sim é muito, e parte dele fez-me chumbar à cadeira), ainda tenho de aturar uma senhora RUDE, que enquanto me atendia só parecia gozar com a minha cara, não acreditava na minha situação e demorou imenso tempo a atender-me porque afinal é mais importante meter a conversa em dia com os colegas de trabalho do que meter aquela Faculdade a andar... A sério, não me aguento de tanta incompetência. Quer da minha parte, quer da dela... 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Catarina (22)
Um diário virtual utilizado de mês a mês que possui os desejos, partilha tendências e descreve peripécias de o dia-a-dia de uma rapariga normal.{mais}

mais mais mais

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
Follow