Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

V O G U E a n d L O V E

Um diário virtual (utilizado quase de mês a mês) que possui os desejos, partilha tendências e descreve peripécias de o dia-a-dia de uma rapariga normal.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Catarina (22)
Um diário virtual utilizado de mês a mês que possui os desejos, partilha tendências e descreve peripécias de o dia-a-dia de uma rapariga normal.{mais}

mais mais mais

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
Follow

~ 9 meses depois... ~

... Não, não nasceu uma criança! Pelo menos, não de mim! É simplesmente o espaço de tempo em que não posto. 

 

 

Tenho em privado algumas tentativas de regresso, mas não achei que estivessem boas o suficiente. Penso que esse tenha sido o meu problema ao longo dos últimos tempos, achar que não era boa o suficiente. Tanto eu, tanto os posts. Achava que não fazia sentido nenhum publicar e que não tinha conteúdo nenhum.

 

Mas até tinha. E senti falta.

 

 

No início de 2017, prometi a mim mesma que ia fazer mais do que gostava, sem ter de justificar nada, nem ter de me justificar a ninguém. "Esqueci-me" do blog.

O que é que aconteceu ao longo deste tempo todo?

- Fiz trabalhos da faculdade com a melhor comparsa de sempre (hiiiii Tixaaaa! 💗);

- Arranquei um dente do siso;

- Visitei restaurantes vegetarianos excelentes (o Local e o House of Wonders, ambos em Cascais);

- Foi o natal de 2016;

- Fiz 22 anos;

- Foi a passagem de ano de 2016 para 2017;

- Continuei com crises existenciais;

- Engordei;

- Passei o primeiro semestre da faculdade;

- Lasquei um dente a comer uma... Goma (coisas que me acontecem só a mim);

- Vi o "La la land" (é tããããão lindo!);

- Estive em estágio (e foi incrível!);

- Evitei usar maquilhagem;

- Fiz a minha terceira peregrinação a Fátima;

- Li "O diário de um mago" de Paulo Coelho;

- Li o "Pais brilhantes, professores fascinantes" de Augusto Cury (e os dois são excelentes!!);

- Passei a cozinhar mais;

- Meditei mais;

- O meu portátil e o meu telemóvel avariaram ao mesmo tempo;

- Fiquei uma pilha de nervos;

- Chorei muito;

- Comecei a aprender a costurar à máquina;

- Passei imenso tempo com o meu sobrinho;

- Fui aos saldos (comprei tudo em preto);

- Voltei a publicar no blog.

 

Não escrevi tudo o que se passou mas também não importa muito. O que importa mesmo é voltarmos aos sítios onde somos felizes, mesmo que digam que isso não é bom. 

Moral da história: Independentemente do tempo de passe, das voltas que a vida dê, não se esqueçam das vossas raízes, origens, gostos, o que vos alimenta a alma, o que vos faz felizes e corram atrás disso. Só disso. Em nome do vosso bem-estar.

 

A quem deixou comentários, mais uma vez obrigada pelo carinho!

 

Vemo-nos no próximo post, prometo que será mais animado!

 

XX, Catarina

TAG: Completa a frase

Hoje é dia de TAG! Há muito que não respondo a uma mas a querida Marina (do Olhar da Marina) nomeou-me para realizá-la e cá estou eu!

 

"O desafio tem como regras:

  • Completa todas as frases;
  • Indica no máximo 10 blogs para responder a esta Tag;
  • Marca quem te indicou no post;
  • Comenta com o link da tua resposta à tag no blog de quem te indicou ."

 

 

Sou muito... Desconfiada (Tal como tu Marina! ahah)

Não suporto... Pessoas influenciáveis e que não olham a meios para atingir os fins.

Eu nunca... Chumbei nenhum ano de escola! *proud* (É caso para a minha mãe dizer "não fizeste mais que a tua obrigação!")

Já me zanguei... Com amigos próximos.

Neste exato momento... Estou a ver o vídeo de Essenciais de Outono da Cláudia Gusmão! Adoro-a!

Morro de medo... De perder a minha mãe, de ver o meu sobrinho sofrer, de me chatear com a minha irmã... Tudo o que seja relacionado com a família mexe comigo!

Sempre gostei... De cor-de-rosa, da Barbie,...

Se eu pudesse... Construía uma mansão para a minha família viver toda junta. *que grande sonhoooo*

Adoro... Quando consigo realizar o que planeio para mim, a sério que adoro!

Fico feliz quando.. O meu sobrinho diz "titi" e corre para mim... Oh meu deus, já morro de saudades dele!

Se eu pudesse voltar no tempo... Penso que não mudaria nada. Acredito que tudo acontece por uma razão e que foram as coisas más e as coisas boas que levaram-me a ser como sou hoje.

Quero viajar... Para Paris, Cotê d'Azur, Sardenha, Nova Iorque, Budapeste, Roma... Ah e claro que quero viajar pelo nosso país o máximo possível porque temos os recantos mais bonitos!

Eu preciso de... Um bocadinho de sorte, só um bocadinho.

Não gosto de... Engordar e só querer comer porcarias :'''''''''(

 

Agora os blogs nomeados:

 

Lis - Make Up Not Only

Meio Palmo Acima do Joelho

Nothing Else Matters 

 

Mais uma vez, obrigada por me nomeares Marina, um beijinho :*

 

XX, Cat

 

Bebida de outono favorita

Quem nunca passou horas no we❤it e no tumblr a gostar e reblogar fotos das bebidas e dos fascinantes copos do starbucks? Se vocês nunca, eu já passei horas e horas... Fascinada só com o copinho.

Depois comecei a implorar à minha irmã "LEVA-ME AO STARBUCKS!!!", sim porque este café nunca é perto de nada e nunca é perto para ninguém.

Chegada a primeira vez ao starbucks vem a confusão "Três tamanhos de copos diferentes? Frappuccino? Isso é quente ou frio? Para que é que eles querem o meu nome? Mas isto não vem com açúcar?" E depois de escolhida a bebida bem quentinha vem o "Fogo!! Escaldei a língua!".

[Dramatização em ação, não sou assim tão tótó, obrigada, de nada].

 

Nas outras visitas ao café a língua escaldada mantém-se, mas surge outra questão... "Porque é que eles nunca escrevem bem o meu nome?!?!?" Marketing, puro marketing.

 

E entretanto chega o outono e a bebida mais fantástica do Starbucks: Pumpkin Spice Latte. A mistura da abóbora, com o leite quente e a misteriosa canela. Por pouco não adormecia nos sofás do café. Ah, e o copo....!
cofee.jpg

 Por este, até vale a pena escaldar a língua.

 

XX, Catarina

"Não deixes de acreditar"

Esta manhã foi nostálgica.

Fui, finalmente, buscar o meu certificado e estou oficialmente licenciada.... Foi um grande misto de emoções. 

Pensar que esta pode ter sido a última vez que entro naquela faculdade. Olhá-la, agora vazia devido às férias, e ver em cada canto uma recordação, uma história, uma memória. Ver as pessoas que percorram comigo este caminho desafiador. 

Um misto de emoções por completo.

Quis o destino que, por 4 vagas, não entrasse em mestrado. 4 vagas. Estou como suplente e se 4 almas desistirem... Eu entro. 

 


Passei uma "última" vez pelos corredores, pensando que aquela poderia ser uma "última" vez ali e tudo para ir beber um "último" café ao bar da faculdade.

Lá estava o proprietário sempre bem disposto. Peço 2 cafés, um para mim e o outro para o meu pai. Quando atento à música da rádio, oiço a seguinte frase "Don't stop believin", música interpretada pelos Journey. 

Depois de todos aqueles "últimos" que me passaram pela cabeça, soube bem ouvir aquele "sinal" (eu acredito nestas coisas). 

Como o sr. So. me dizia "é viver um dia de cada vez". E eu cá espero pela resposta... Sem deixar de acreditar.

 

Não desistam dos vossos sonhos*

XX, Catarina

A felicidade nos dias de hoje

    Esta semana estou a trabalhar na minha área, ou seja, junto de um grupo de crianças. Numa das inúmeras viagens que temos de fazer de autocarro, ia acompanhada por uma das meninas mais traquinas do grupo (que por sinal foi a que mais rápido me conquistou o coração). Íamos as duas, lado a lado, em silêncio, a observar a paisagem. Até que passou um pássaro, que deve ter acompanhado o andamento do autocarro por alguns milésimos de segundo. Vimo-lo tão de perto que a reação imediata foi partilhar um sorriso por termos presenciado este momento juntas. E ficámos assim, felizes e a sorrir durante alguns minutos...

    Foi um momento extremamente simples, mas a riqueza da felicidade está aí. Moral da história: Não há nada melhor do que apreciar os mais simples momentos com quem mais gostamos. E ganhei o dia assim, de uma maneira tão inesperada.

 

    No entanto, nos dias de hoje, torna-se cada vez mais complicado sentirmo-nos totalmente felizes. Deparo-me com um mundo constituído por ilusões, aparências, onde a felicidade parece meramente "comprada". 

    Basta entrarmos numa rede social para nos apercebermos disso.

No Instagram, vemos a foto daquele conhecido a passar férias num destino paradisíaco, bem longe daqui, enquanto nós estamos em casa a poupar tudo o que temos porque nem todas as vidas são um mar de rosas.

Entramos no Facebook e vemos a foto daquela pessoa com quem não simpatizamos, ou até simpatizamos, rodeada de amigos dizendo "Que grande noite a de ontem!", enquanto nós fomos dormir às 22h30 exaustos pelo dia e trabalho que tivemos. Depois vemos os nossos amigos a viver a vida deles enquanto nós ficamos "para trás". Vemos aquela pessoa com um estilo de vida completamente saudável enquanto comemos um crepe com nutella. Vemos novas amizades a serem construídas... Por outros.

E entramos nesta espiral de pensamentos, ficamos tristes, sem forças, sem conseguirmos focarmo-nos no que é realmente importante para NÓS. 

 

 

Fiz um top de 3 coisas simples para reencontrarmos a felicidade mantendo-a connosco a longo prazo! *e para eventualmente vir ler quando me sentir em baixo*.

 

    1. Inspira-te 

    Nada melhor que nos rodearmos por algo que nos inspire. A internet, apesar de ser a fonte de muito mau estar criado pela nossa mente, também pode tornar-se um aliado para outras situações. Por exemplo, explorar o pinterest, tumblr, we heart it... Procurando imagens com que nos identifiquemos, que nos inspirem, e quem sabes, nos deem criatividade para aquele projeto que temos guardado na gaveta há anos! Ou até mesmo o youtube, pesquisando por pessoas cujos ideais, filosofias, estilo de vida e personalidade sejam idênticos aos nossos (No meu caso a minha "musa" inspiradora é a Mimi Ikonn!). E ainda existem mil e uma formas de nos inspirarmos: ler o nosso livro preferido, ver o nosso filme favorito, visitar um lugar que é especial para nós... Algo que nos encaminhe para o nosso verdadeiro eu.

 

 

    2. Aprende a gostar de ti

    Nem sempre é fácil, mas para nos darmos aos outros e para nos sentirmos bem com o mundo, temos de começar por nós. Pequenos mudanças na nossa vida podem ajudar neste campo, basta compreendermos o que precisamos de melhorar.

Já para não falar que, no final do dia,  nós somos a única pessoa com quem realmente podemos contar.. E se a busca pelo nosso bem estar implicar retirar pessoas-que-nos-querem-ver-bem-mas-nunca-melhor-que-elas da nossa vida, força! Temos de entender que, preocuparmo-nos connosco não é uma atitude egoísta mas sim construtivista!

 

    3. Segue o teu sonho

    Por vezes esquecemo-nos das nossas vontades, dos nossos desejos, dos nossos sonhos, de quem somos. Apesar do caminho para atingir o que queremos nem sempre ser fácil, não há melhor sensação do que aquela de alcançar os nossos objetivos. Focarmo-nos é o mais importante! E como é descrito no livro ,"O alquimista" quando seguimos o nosso sonho, todo o universo conspira para que ele se realize!

 

 

    Esta publicação ficou enorme mas senti uma enorme necessidade de a fazer. Isto tudo para vos dizer que, mesmo que estejamos a passar uma fase menos boa, mergulhando nas ilusões e aparências cedidas pelas redes sociais, pelas más energias, é inevitável nunca esquecer que: "A felicidade às vezes é uma bênção - mas geralmente é uma conquista."

 

XX, Catarina

O melhor de 2014

No passado ano o Sapo criou a TAG do melhor de 2013 que consistia em dizer o filme, o livro, a série, o post e a viagem que tinham marcado as pessoas no ano de 2013. Este ano decidi fazê-la novamente porque "recordar é viver". O post do ano passado é este.
2014.PNG

 

O Filme:

Podia dar continuidade ao que escolhi em 2013, no entanto considerei este o filme que mais me marcou: Frozen - O reino do gelo. Serei sempre uma eterna fã da disney e aderi à febre do Frozen, um filme que bateu todos os recordes e que encantou toda as pessoas. A mim em particular porque a moral da história é a mais bonita que alguma vez vi fugindo ao que costumamos ver habitualmente "e o príncipe e a princesa viveram feliz para sempre"... Bem não vou dizer o que realmente o que acontece porque tenho a esperança que alguém ganhe vontade de ver o filme, ou até mesmo revê-lo.

 

O livro:

Contrariamente ao ano passado, a pessoa que não era dada a leituras contrariou essa situação. Entre os vários livros que li adorei o "A filha da minha melhor amiga" é um livro de devorar do princípio ao fim!

O Post:

Infelizmente não me dediquei tanto ao blog como queria... Espero que este ano a situação mude *já começo eu com as resoluções do ano* Porém o post que escolho é o "Retrospetiva" o post em que falo de tudo aquilo que aconteceu no meu verão (ou pelo menos em parte do mesmo). Nada melhor que uma publicação com energias positivas não é?

A série televisiva:

Continuo sem assistir a muitas séries. Mas este ano vi várias vezes a série "friends" (que tem a minha idade). Foi a série que me acompanhou principalmente durante os meus 40 minutos de bicicleta que fazia no verão (não fui assim tão aplicada, este entusiasmo deve ter durado 15 dias!). Dois episódios da série e ficava o meu "workout" feito.

A viagem:

Este ano não viajei, ou pelo menos não fiz as viagens mais fascinantes de sempre... No entanto houve uma viagem muito especial... Aquela que fiz quando voltei do centro de exames de condução para casa quando fui aprovada. Garanto-vos não houve viagem melhor que essa!

E para vocês o que foi o melhor de 2014?

XX; C

Mais um dia e estamos em Dezembro

A minha árvore já está montada e decorada.

A primeira prenda já está comprada (uma camisa UCB para o mais recente membro da família ♥).

E a minha lista já está feita!

 

fjks.PNG

Pulseiras Alex and Ani (não quero todas de uma vez!)
Tangle Teezer (ou a dourada ou a rosa)
A Parisiense (ando a namorar o livro desde o ano passado)
Camisa ZARA 
Cachecol Stradivarius

 

Esta lista conta como lista de Natal e anos visto que, o meu aniversário é muito perto do Natal.

Em fases como esta custa estar a pedir muito mais prendas porque com o passar dos anos torna-se cada vez mais complicado pedir dois presentes: um para abrir dia 25 de Dezembro e em seguida dia 29, apesar de eu não ter culpa de ter nascido perto do Natal (ahah) e não minto... ADORO PRENDAS! Aliás quem não adora?

Faço quase sempre lista e mostro a ao meus pais, irmã, cunhado e amigos mais próximos... Pode ser que tenha sorte em receber alguma coisa, não custa nada certo? 

 

Ainda assim removi alguns itens da lista, como umas botas da Hunter... Demasiado lindas mas demasiado caras e um casaco da Zara. Fico à espera pelos saldos :)

 

Mesmo que não receba nada disto a única coisa que quero mesmo é passar o Natal junto da minha família... A sério, é o melhor que eu tenho e não posso pedir mais nada ♥♥♥

 

E vocês o que pediram para este Natal?

 

XX, C 

 

 

Uma pilha de livros ao meu lado e um chá de morango e menta

(Este é o post mais paradoxal da história dos posts, perdoem-me. Isto é o que acontece quando uma pessoa guarda muita coisa para si, ou não reflete sobre ela... Por isso a lição #1 deste post é Refletir.)

Estou super original para títulos de posts. 

A questão é que quando fico sem postar muito tempo nunca sei bem como voltar a postar... É como o quebrar o gelo de uma relação sabem? A pessoa afasta-se e depois quando quer reaproximar-se nunca sabe bem como (Boa analogia C.! #sóquenão).

 

Ando há mais de uma semana a ouvir esta voz na minha cabecinha (sim, estou doida) a dizer "tenho de escrever, preciso de escrever, vou escrever,..." mas só agora é que estou a por isto em prática. 

Nem sei bem sobre o que falar... Portanto considero-vos super corajosos se lerem isto. 

 

 

Umas perguntas em jeito de desafio

Pelos vistos o SAPO tem proposto aqui pelos blogs este desafio de responder a algumas perguntas e surpreendentemente fui desafiada pelo oroxo, um blog que desconhecia mas que já andei a "espreitar" alguns posts. Visitem-no porque as suas respostas estão hilariantes! Ah! Obrigada pelo desafio!

O que você não sai de casa sem?

Chave de casa. Dá jeito porque posso sempre voltar a entrar e ir buscar outras mil e uma coisas como o telemóvel, a carteira... Vai na volta ainda troco de roupa. Coisas de menina.

 

Qual o seu animal favorito?

Cão, sem dúvida! Quem tem um sabe o quão único e especial é ter um companheiro canino.

 

Qual o seu sapato favorito?

Depende da época, de momento havaianas :)

 

Produto de maquilhagem indispensável?

Rímel.

 

Qual o seu maior sonho?

Ser feliz mas como eu já sou... Ser bem sucedida a nível pessoal e profissional! :)

 

Qual o seu maior defeito?

Eu sei que tenho defeitos, não sei bem é quais. Mas o facto de ser de ideias fixas às vezes complica muita coisa. 

 

O que te irrita nas pessoas?

Pessoas influenciáveis (tira-me do sério), cínicas, demasiado faladoras (isto é, aquelas pessoas que até a voz é irritante), as que opinão demasiado (principalmente de assuntos que não lhes dizem respeito), que só vêem defeitos nos outros e não olham para elas... Ok, já chega.

 

Qual a sua comida favorita?

PICANHA.

 

Doce ou Salgado?

Doce. 

 

O que te deixa feliz?

Ver o meu afilhado crescer, ter a minha família unida e feliz, ter o melhor companheiro do mundo comigo e ter amigos que nos pequenos gestos demonstram ser os mais fiéis do mundo. Ah! E provar a mim mesma que quando eu quero consigo tudo! :)

 

Os meus desafiados:

Make Up Not Only ; Um mar de recordações ; O olhar da Marina ; About-me ; Meio palmo acima do joelho

Quero ver as vossas respostas! 

 

XX, C

Retrospetiva

Apercebi-me da realidade quando hoje olhei para o meu telemóvel e vi "1 de Setembro".

"Espera lá!! Mas... Assim? Já é Setembro? O Verão já passou? Já tenho de ir para a faculdade?" Pois é... É isso mesmo.

 

Há que ser positivo. Setembro é o início do ano letivo portanto até podemos adotar aquele hábito frequente do início do ano comum de fazer resoluções, acreditar em nós e acreditar que este início é a força que nos é precisa para tomar um novo rumo e seguir os nossos sonhos. E que assim seja!

 

 

Ainda "ontem" estava a chegar à estação de comboios depois da minha última frequência a dar em doida a pensar "3 MESES DE FÉRIAS?! O que é que eu faço? Vou dar em maluca!" Pffffff... Estava tãããão enganadinha. Passaram a correr e quero mais!

 

 

As saídas com os amigos não foram tantas quanto queria mas por exemplo, fui aos santos! Algo que nunca havia feito antes e nada como uma boa festarola para nos animarmos não é? Saí com as amigas da faculdade algumas vezes, aproveitei para por conversa com alguns amigos com quem não falava há algum tempo e até mesmo para resolver situações que ainda estavam aqui guardadas no fundo do meu consciente. É bom ficarmos bem connosco e com os outros, certo? 

 

As idas à praia ainda foram algumas, muitas delas com a companhia de um príncipe e outras em trabalho. "Em trabalho?!" Sim! Nada como fazer voluntariado no verão! É uma ótima aquisição para o nosso currículo! E nem imaginam os museus que visitei "à pala" deste voluntariado, foi em cheio!

As revistas que me acompanharam no verão (oferecidas pelo príncipe curiosamente) foram uma espécie de incentivo ao novo visual e a alguns posts do blog. Uma espécie de ar fresco.

 

Continuei com a minha vida saudável semana-sim-semana-não e aventurei-me na cozinha! Fiz alguns pratos saudáveis e olhem que o da foto é delicioso e SIMPLES! Hambúrgueres de atum caseiros! Nada a ver com os pré-feitos de textura a pastilha elástica e se sabor a não sei bem o quê.

 

Compras, compras, compras... Quem não fez este verão? Fiz algumas e foram ótimas aquisições, talvez mostre no blog.

 

A tal organização que já referi... Porque o verão não foi só para descansar, tive imensas aulas de condução *pensamento positivo, pensamento positivo, pensamento positivo,...* e estou a caminho do fim... um bom fim espero!

 

Natiruts... Meu deus... Eu nunca tinha ido a um concerto de algo que realmente gostasse e este... Sem palavras! Energia positiva, muitos saltos, mãos no ar, cantorias com a minha voz esganiçada não faltaram.

 

Por fim, os dias de clima agradável. Temos de admitir a sorte que temos por ter um país tão fantástico (atenção estou a falar de razões alheias à política). Foram dias em grande que tiveram sempre uma excelente companhia, passeei, diverti-me, vi o meu afilhado crescer (está tão lindo), conheci lugares novos.... Foi um verão muito feliz! ♥

 

Para o ano há mais!

E o vosso verão? Contem-me tudo!!

XX, C 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Catarina (22)
Um diário virtual utilizado de mês a mês que possui os desejos, partilha tendências e descreve peripécias de o dia-a-dia de uma rapariga normal.{mais}

mais mais mais

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
Follow