Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

V O G U E a n d L O V E

Um diário virtual (utilizado quase de mês a mês) que possui os desejos, partilha tendências e descreve peripécias de o dia-a-dia de uma rapariga normal.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Catarina (22)
Um diário virtual utilizado de mês a mês que possui os desejos, partilha tendências e descreve peripécias de o dia-a-dia de uma rapariga normal.{mais}

mais mais mais

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
Follow

Mais um dia e estamos em Dezembro

A minha árvore já está montada e decorada.

A primeira prenda já está comprada (uma camisa UCB para o mais recente membro da família ♥).

E a minha lista já está feita!

 

fjks.PNG

Pulseiras Alex and Ani (não quero todas de uma vez!)
Tangle Teezer (ou a dourada ou a rosa)
A Parisiense (ando a namorar o livro desde o ano passado)
Camisa ZARA 
Cachecol Stradivarius

 

Esta lista conta como lista de Natal e anos visto que, o meu aniversário é muito perto do Natal.

Em fases como esta custa estar a pedir muito mais prendas porque com o passar dos anos torna-se cada vez mais complicado pedir dois presentes: um para abrir dia 25 de Dezembro e em seguida dia 29, apesar de eu não ter culpa de ter nascido perto do Natal (ahah) e não minto... ADORO PRENDAS! Aliás quem não adora?

Faço quase sempre lista e mostro a ao meus pais, irmã, cunhado e amigos mais próximos... Pode ser que tenha sorte em receber alguma coisa, não custa nada certo? 

 

Ainda assim removi alguns itens da lista, como umas botas da Hunter... Demasiado lindas mas demasiado caras e um casaco da Zara. Fico à espera pelos saldos :)

 

Mesmo que não receba nada disto a única coisa que quero mesmo é passar o Natal junto da minha família... A sério, é o melhor que eu tenho e não posso pedir mais nada ♥♥♥

 

E vocês o que pediram para este Natal?

 

XX, C 

 

 

Vruumm Vruumm

 Já tenho a carta!!! 

Nunca fui grande entusiasta neste campo confesso. Há anos, o que queria mesmo era a carta de mota...PFF! Louca! Nunca me meti nisso como é óbvio. 

Entretanto cheguei aos 18 anos e no verão daquele ano lá comecei as aulas de código (uma seca), demorei imenso a acabar aquilo... Lá fiz o exame e passei. Foi de facto o mais fácil. 

Na teoria é tudo muito bonito, agora a prática....

As aulas de condução são capaz de ter sido a maior batalha da minha vida (é extremamente exagerado por isto neste patamar mas é verdade). Foi assim não porque não gostasse de conduzir mas sim porque a cada aula que tinha o medo de errar preenchia-me de uma maneira muito difícil de descrever. 

Medo e nervosismo. Assim se caracterizaram as minhas aulas durante muito tempo e aqui a minha instrutora (excelente instrutora!) foi uma peça fundamental que para mim se tornou uma amiga que uma ou duas vezes por semana dava boleia durante 50 minutos nos quais conversávamos muito!

Entre 6 instrutores que tive (não porque os quisesse ter mas devido à estranha logística da escola de condução) todos me diziam "Tens de transmitir confiança", "Para que é que é preciso tanto medo?", "Não podes mostrar insegurança", "Onde está a tua garra?"... Garanto-vos que é horrível as pessoas que nos rodeiam aperceberem-se de que somos inseguras em algo tão simples... A condução.

A mente é o mais complicado de convencer e de treinar.

Se fosse uma questão de treinar manobras, eu treinava! Mas era uma questão de me olhar ao espelho e dizer "eu consigo". 

Dia 13 de Novembro consegui.

 

Moral da história: É tudo uma questão de acreditar.

Uma pilha de livros ao meu lado e um chá de morango e menta

(Este é o post mais paradoxal da história dos posts, perdoem-me. Isto é o que acontece quando uma pessoa guarda muita coisa para si, ou não reflete sobre ela... Por isso a lição #1 deste post é Refletir.)

Estou super original para títulos de posts. 

A questão é que quando fico sem postar muito tempo nunca sei bem como voltar a postar... É como o quebrar o gelo de uma relação sabem? A pessoa afasta-se e depois quando quer reaproximar-se nunca sabe bem como (Boa analogia C.! #sóquenão).

 

Ando há mais de uma semana a ouvir esta voz na minha cabecinha (sim, estou doida) a dizer "tenho de escrever, preciso de escrever, vou escrever,..." mas só agora é que estou a por isto em prática. 

Nem sei bem sobre o que falar... Portanto considero-vos super corajosos se lerem isto. 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Catarina (22)
Um diário virtual utilizado de mês a mês que possui os desejos, partilha tendências e descreve peripécias de o dia-a-dia de uma rapariga normal.{mais}

mais mais mais

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
Follow